Category: Rock


Novo álbum do Foo Fighters?

Bem, essa é a nova dúvida dos fãs. Alguns dias atrás, o guitarrista Chris Shiflett disse que a banda iria começar a gravar um novo disco em setembro. Isso já seria um motivo de euforia, mas nos últimos 3 dias, Dave e Cia. vem postando no Twitter da banda, o @foofighters, fotos dos ensaios e possíveis gravações das demos do novo disco. Nas fotos, que parecem ser tiradas do estúdio 606,  aparecem Dave tocando sua guitarra, os integrantes sentados no sofá e tocando, além de fitas demos e mesas de som usadas para a gravação de álbums.

A seguir, algumas das fotos postadas no twitter oficial dos Foos:

Foo Fighters é uma das melhores bandas atuais na minha opinião, e possui músicos extremamente talentosos, como o próprio Dave Grohl, que foi o baterista do Nirvana e escreveu, compôs, gravou todas as músicas do primeiro álbum da banda. Taylor Hawkins, um dos melhores bateristas do mundo. A seguir a minha música preferida deles, que foi lançada recentemente na coletânea Greatest Hits, a música Wheels executada ao vivo no progarama Later Live … With Jools Holland:

Novo clipe do Iron Maiden.

A banda britânica de Heavy Metal Iron Maiden divulgou seu mais novo clipe, The Final Frontier, no seu site oficial. O novo clipe é uma superprodução, com direito a vários diferentes tipos de efeitos especiais. O clipe é muito legal, confiram no site oficial da banda, pois não foi liberada a incoporação em outros sites.

http://ironmaiden.com/

O vídeo é produto da divulgação do novo álbum da banda, que leva o nome do vídeo, além da turnê, que esperamos que passe pelo Brasil. Up The Irons!

Garoto MONSTRO! na bateria.

Tocar bateria não é tão fácil quanto parece. É necessária muita coordenação motora, além de talento. Talento não falta para este garoto chamado Jonah, de apenas 5 anos. Confira os vídeos dele:

The Most Dangerous Band In The World!

Esse é o apelido do Guns N’ Roses, banda que apesar de várias controvérsias, é um dos maiores nomes do Rock de todos os Tempos. Liderada pelo tirânico Axl Rose, a banda teve ínicio em 1985, quando Axl e seu amigo de infância, Izzy Stradlin saíram do Hollywood Rose, que fez algum sucesso no subúrbio de Los Angeles, e algumas músicas que seriam tocadas mais tarde pelo Guns (My Way, Your Way; Wreckless e Shadow Of Your Love), e se juntaram com Tracii Guns, Ole Beich e Robbie Gardner, do L.A. Guns. Estava formado o Guns N’ Roses. Com essa formação, tocaram em apenas um show. Duff McKagan se junta à banda, no lugar de Beich.

Na metade de 85, Tracii e Robbie saem da banda. Duff chama seus ex-parceiros do Rodie Crew, Slash e Steven Adler, para se juntarem ao Guns N’ Roses. Estava formada a formação mais conhecida do Guns. Em 86, a banda fez a Hell Tour, que realmente foi um inferno. A banda estava indo pra Seattle, fazer shows, quando a van que eles estavam quebrou. Tiveram que vender equipamentos pra voltar pra L.A.

Mas a sorte dos Gunners começou a aparecer. No final de 86, lançaram o EP Live ?!*@ Like A Suicide. Foram produzidas poucas cópias, e uma delas foi parar  na Geffen Records. A gravadora assinou um contrato com o Guns, e eles lançaram o álbum de estréia, Appetite For Destruction. Na capa do disco, a primeira polêmica do Guns. A capa  retratava uma mulher vítima de estupro com as calcinhas nos joelhos e seu algoz, um robô estuprador, prestes a ser punido por uma máquina assassina vingadora. Foi considerada obscena e depreciativa contra as mulheres e proibida nos Estados Unidos e alguns outros países. A imagem substituta trazia um crucifixo com caricaturas de cada um dos membros da banda como se fossem caveiras – uma imagem que Axl Rose tem tatuada em seu braço direito.

O disco foi muito bem acolhido pelos críticos, e seu primeiro single, Welcome To The Jungle, ficou um tempo sem emplacar. Mas David Geffen, presidente da Geffen Records, pediu a MTV  para exibirem o clipe. O vídeo passou um tempo só sendo exibido de madrugada, mas logo começou a ser o clipe mais pedido pelos telespectadores. O disco teve mais hits, como Sweet Child O’ Mine, Paradise City, It’s So Easy.

Em 88, foi lançado o GN’R Lies. O disco trazia as 4 músicas do EP Live ?!*@ Suicide, e mais 4 músicas acústicas. Em One In A Million, mais uma polêmica. mencionava “niggers” (negros) e “faggots” (bichas), causou polêmica, e Axl Rose foi acusado de racismo e homofobia. O disco teve 2 hits, Patience e Used To Love Her.

Nessa época, a banda estava afundada em drogas. A gravadora exigiu uma nova postura da banda, que atrasava shows, entravam no palco alcoolizados, até que um dia Axl Rose ameaçou sair da banda, caso algumas pessoal não parassem de “dançar com MR. Brownstone”, gíria que a banda utilizava para a heroína.

Em 1990, a banda começou a gravação do novo álbum, Use Your Illusion. Mas a banda começou com uma perda, Steven Adler foi demitido da banda, pois estava muito afundado nas drogas. Durante um ensaio, não conseguiu tocar Civil War, e foi a gota d’água. Fez um acordo milionário, e saiu. Foi substituido por Matt Sorum, e além disso, a banda contratou Dizzy Reed, para tocar piano.

Em 91, após um grande período de gravações, foram lançados simultaneamente Use Your Illusion  I e II. O álbum teve vários hits, entre eles Don’t Cry, November Rain, Estranged, Live and Let Die e Knockin’ On Heavens Door. A banda atingiu um patamar MONSTRO, com supershows, com palcos enormes e videos superproduzidos.

Toda banda estava satisfeita, mas não Izzy. Ele saiu da banda em 91, alegando que não gostava dessa grandiosidade do Guns, se perguntava onde estava os 5 caras, fazendo Rock N’ Roll. Outro motivo de sua saída, ele disse que nao queria ver seus amigos se auto-destruindo através das drogas. Seu substituto foi Gilby Clarke, um guitarrista conhecido no underground de Los Angeles. Gilby aprendeu todo o repertório do Guns em 3 semanas, para que pudessem voltar com a turnê.

As polêmicas sempre estavam ao lado do Guns. Em St. Louis, nos EUA em 91, o show estava normal até um fã, começar a tirar fotos e direcionar o flash na cara de Axl. O vocalista sempre foi meio digamos assim, estourado, e pediu para a segurança tirar o fã do show, mas o segurança não cumpriu as ordens de Axl.  E Axl resolveu tirar o cara ele mesmo. Partiu pra cima do fã e começou um tumulto:

Axl agora desfila por aí com a camiseta “St. Louis Sucks”

Ao fim da turnê, o Guns começou a trabalhar em um novo álbum só de covers, intitulado The Spaghetti Incident. O público gostou, mas o disco foi muito criticado pela imprensa. Mais uma polêmica: Uma faixa escondida ao final do disco, intitulada “Look at Your Game Girl”, de autoria de Charles Mason, notório assasino da atriz americana Sharon Tate. A faixa foi colocada no disco por desejo de Axl.

A fase mais conturbada na história da banda, tem ínicio quando Axl demite Gilby Clarke, sem informar Slash, quem o havia contratado. Slash não gosta da descisão de Axl, e não mantém mais contato com o vocalista. A gota d’água para Slash aconteceu na gravação do cover dos Stones, Sympathy For The Devil, onde Paul Tobias, o guitarrista que Axl contratou para substituir Gilby, gravou o solo encima do solo de Slash. Slash saiu, e começou seu projeto solo. Logo após isso, Axl demite Matt Sorum, e Duff se demite ao mesmo tempo, tornando Axl o único integrante original.

Axl encontrou substitutos para os ex-membros, sendo eles Robin Finck, no lugar de Slash, Tommy Stinson, no lugar de Duff, e Josh Freese no lugar de Sorum. Dizzy continuou na banda. O multi-instrumentista Chris Pittman entrou na banda também. Tobias saiu da banda, e foi substituido por Richard Fortus.

Buckethead, entrou na banda, e tentaram fazer um retorno, e tocaram no Rock In Rio III, em 2001. Mas logo depois, a turnê do Guns é cancelada. Os fãs da banda começam a ficar impacientes, esperando o Chinese Democracy.

Em 2006, o guitarrista Ron Thal foi anunciado, após a saída de Buckethead, e a banda fez uma turnê com shows na Europa, como o festival Rock Am Ring, e o Rock In Rio Lisboa.

A espera tinha terminado. Chinese Democracy chegou as lojas em 2008 após mais de 13 anos de espera. Mas a banda não faz nada para promover o disco, nem clipes, nem turnês, e shows, somente e sonhos. A unica promoção do disco é a possibilidade de baixar todas as musicas no game Rock Band 2. Em 2009, a banda anuciou o novo guitarrista, já que Robin Fick havia retornado com o Nine Inch Nails, chamado DJ Ashba. Muitos fãs não gostaram do novo guitarrista, por sua aparência, que muitos chamam de emo.

Finalmente, em dezembro de 2009, é lançada a Chinese Democracy World Tour, que já contou com 5 shows no Brasil.

Bem pessoal, essa é a história do Guns N’ Roses, uma banda que pessoalmente é uma das minhas favoritas, e mesmo que cheia de polêmicas e controvérsias, é uma banda que sempre nos traz bom e velho Hard Rock.

Vlw, até a próxima

Buchecha ;D

The Hottest Band In The World !

O KISS é possivelmente a melhor banda de Hard Rock de todos os tempos, e este post foi feito para contar a história de The Demon, Starchild, The Cat e SpaceMan, e como eles conquistaram o mundo.

You’ve wanted the  best! You’ve got the best! The Hottest Band in the World! KISS!

É com essa palavras que começa um show do KISS. É mágico.

A formação original da banda é com os fundadores Paul Stanley e Genne Simmons, além de Ace Frehley e Peter Criss. Assim começaram, cobrando 35 dolares por apresentação, e assim foi o jeito que lançaram o primeiro disco, intitulado KISS. Mas foi com Dressed to Kill, que a banda mais quente do mundo emplacou.

Destroyer foi lançado em 76, e com esse disco o KISS virou febre. Particularmente, o disco que mais gosto, ao lado de “Love Gun”. Destroyer contem sucessos emblemáticos da banda, como “Shout It Out Loud”, “God of Thunder”, “Detroit Rock City” e a balda “Beth”, cantada pelo baterista Peter Criss.

Vídeo de Detroit Rock City, em Detroit, na volta da formação original em 98.

Lançado em 77, “Love Gun”  atingiu patamares monstruosos. O KISS já era uma banda de magnitude estrondosa. Em Love Gun, temos hits que acompanham a banda até hoje, como a faixa que da nome ao álbum. Além dela, “Shock Me”, cantada por Ace, e “I Stole Your Love”, viraram grandes hits.

Vídeo de Love Gun, ao vivo em Las Vegas 99

Depois de alguns anos obscuros na história do KISS, onde flertaram com musica pop dançante e não agradaram a crítica e os fãs, a banda retorna com “Creatures of The Night”. Parecia tudo bem, mas Ace Frehley acaba saindo da banda por problemas de alcoolismo e drogas, e Peter Criss também sai da banda, por divergências musicais. É substituido por Vinnie Vincent, que gravou Creatures, e participou da turnê, que contou com 3 shows no Brasil, sendo no Rio de Janeiro o maior publico na história do KISS.

Após isso, o KISS, em um golpe publicitário, resolve tirar a maquiagem e lançar um novo álbum, “Lick It Up”. Vinnie Vincent, sai logo depois da tunê, e é substituido por Mark St. John, mas devido a seu problema de artrite nas mãos não consegue gravar todas as músicas. Bruce  Kulick é o novo guitarrista do KISS.

Em 91, um ano difícil para a banda. Eric Carr, o baterista, é diagnosticado com uma doença rara no coração. 6 meses depois, Carr falece, após uma crise. Eric Singer é o substituto para Carr.

Em 96 o KISS resolve voltar com a formação original e com as maquiagens. E faz um sucesso absurdo. Em Detroit, vendem 70 mil ingressos em 45 minutos. Eles resolvem gravar um novo album, Psycho Circus, que foi bem aclamado pela crítica e os fãs gostaram também.

Em 2009, foi lançado “Sonic Boom”, um ótimo album com musicas impactantes, como “Say Yeah”, “Modern Day Delilah” e “Russian Roullete”.

Videoclipe de Modern Day Delilah, do Sonic Boom.

É pessoal, esta é a história do KISS, trazida a vocês pelo Buchecha …

Até a proxima ;D